quinta-feira, 30 de setembro de 2010

50 ANOS DOS FLINTSTONES

ADORÁVEIS CINQUENTÕES

O clássico da animação "Os Flintstones" criação dos estudios Hanna-Barbera completou hoje (30/9/2010) 50 anos nos Estados Unidos, onde foi o primeiro desenho criado com o objetivo de entreter tanto o público infantil quanto o adulto.


O primeiro episódio desenho da turma da pedra lascada foi exibido em 30 de setembro de 1960 na emissora ABC e apresentou ao público os personagens Fred e Barney e suas esposas Wilma e Betty.

Embora a história se passasse na Idade de Pedra, o programa foi criado como uma paródia da vida das famílias de classe média nos EUA durante os anos 60, formato que teve muito sucesso e que posteriormente seria copiado pela série "Os Simpsons".


"Os Flintstones" foi a série de animação com um maior número de transmissões em horário nobre durante grande parte do século 20 nos EUA.

Três anos após sua criação, o desenho adotou pela primeira vez a música de abertura "Meet the Flintstones", que se transformaria em sua marca registrada.


Da mesma forma que ocorreu com "Os Simpsons", muitas celebridades da época viraram personagens em "Os Flintstones", como a atriz Gina Lollobrigida, que apareceu como uma empregada doméstica italiana de Fred e Wilma em 1963 e o ator Tony Curtis, que morreu hoje aos 85 anos.

O impacto de "Os Flintstones" na cultura popular fez com que, em 1994, os estúdios de Hollywood apostassem por levar ao cinema os personagens criados por William Hanna e Joseph Barbera em uma produção homônima, que arrecadou mais de US$ 300 milhões no mundo todo.


Em 2000, a estreia do filme "Os Flintstones em Viva Rock Vegas", com elenco diferente do primeiro, teve pouca repercussão nos cinemas.

Em homenagem ao 50º aniversário da série, o Google colocou em sua página inicial de buscas uma imagem da família Flintstone.

1 comentários:

Vida Minha disse...

Esse desenho fez parte da nossa juventude, eu adorava assistir, já o filme não gostei muito...rs
bjs.