quarta-feira, 24 de setembro de 2008


1 comentários:

manosantto disse...

Putz!
Já vi de tudo, os sem-teto, os sem-terra, etc. Agora tenho que aturar os sem estádio. hehehehehehe
Lembro-me da estrofe da música de Milton...
(...) A minha casa não é minha e nem é meu este lugar, estou só (...)