terça-feira, 11 de novembro de 2008

Feras do Rádio Esportivo




OSMAR SANTOS, O FURACÃO JOVEM DO RÁDIO ESPORTIVO


Em cada época, em cada área sempre aparecem os furacões, os revolucionários, os superdotados, os inventivos, os extraterrestres...No rádio - esse invento mágico - um dos cometas, um dos furacões que veio inovou, mexeu, revolucionou, modernizou, sacudiu, deu graça, trouxe ânimo foi OSMAR SANTOS!
O Pai-da-matéria, o Garotinho. Inventor de expressões e de bordões que deram ao rádio um colorido novo, gostoso às transmissões esportivas: “Thirulirolá-thiruliroli e queeeee goooooooooooool!!!!!!!... “É fogo no boné do Guarda!”, “O garotinho pisou no tomate”... “Esse cara é um Animaaaaaal” “Ripa na Chulipa, pimba na gorduchinha!”
São algumas das muitas expressões geniais desse monstro que produzia por segundo, mais palavras do que as mais modernas metralhadoras cospem balas.Ritmo forte dinâmico harmônico de frases construídas com ritmo e poesia. Com tom de carinho e amor ao futebol. Osmar sabia, tinha a consciência do que dava certo. Do que o torcedor gostava, do que o ouvinte queria. Desde a trilha musical, a escolha do repórter, do comentarista, da vinheta certa.Tinha o olho clínico e a intuição perfeita para escolher o melhor e colocar no ar a peça de arte. Artista do Rádio! Microfone de Ouro! Arrisco dizer, que nunca mais aparecerá alguém com o talento, o carisma, a criatividade e a competência de Osmar Santos.
O cara que com sensibilidade política não só abraçou a causa da redemocratização do país como deu a sua garganta para ser A Voz das Diretas Já, comandando os comícios que reuniam centenas de milhares de brasileiros que gritavam nas praças e ruas por democracia, liberdade e justiça. Um comunicador com a consciência de seu papel de pessoa pública e de formador de opinião. Um cidadão!

O Osmar do ‘Balancê’, do Faustão, do Juarez Soares, do Tatá e do Escova, da Lucimara Parisi, do futebol show, dos irmãos Oscar e Odinei, do Cléber Machado, do Paulo Soares, do Henrique Guilherme e do Márcio Bernardes, do Loureiro Jr., do Paulo Morsa, do Osvaldo Maciel e do Reinaldo Costa.Da Jovem Pan e da Globo. Do Morumbi lotado, da Fiel Torcida e do fanáticos verdes do seu Palmeiras, do Peixe, do golaço do tricolor Raí de falta contra o Barcelona.
Osmar de Marília, de São Paulo, do Brasil, do Mundo, do Planeta, das Galáxias, do talento Extraterrestre!

Obrigado Garotinho!
O Rádio não seria o mesmo se você não tivesse nascido!



CLIQUE NO LINK ABAIXO E OUÇA A NARRAÇÃO HISTÓRICA DE OSMAR SANTOS DO GOL DE BASÍLIO NO JOGO CORINTHIANS X PONTE PRETA FINAL DO CAMPEONATO PAULISTA DE 1977, PARTIDA QUE QEBROU O JEJUM DE 23 ANOS SEM TÍTULO DO TIMÃO
PARA SABER MAIS SOBRE OSMAR SANTOS E OUTROS GRANDES NOMES DO ESPORTE NO RÁDIO, CONHEÇAM A COMUNIDADE QUE CRIAMOS NO ORKUT
AS FERAS DO RÁDIO ESPORTIVO -

2 comentários:

Blog Esporte Clube disse...

Paulo, o carissimo Osmar Santos, lançou ontem aqui em Campinas, sua coleção de agendas personalizadas.
As capas sao lindas pinturas feitas por ele mesmo. Show de bola.
Creio que elas estarao disponiveis para compra em todo Brasil.

abçs.

Adriano disse...

Ótima crônica meu amigo, será um prazer poder publicá-la em meu trabalho de conclusão de curso. Muito obrigado.

Adriano Moraes