quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Poesia


As palavras abaixo são de autoria de Monosantto, talentoso radialista, poeta, compositor e e pensador.
É em verdade um recado que deu ao filho adolescente depois de um papo que gerou certa discordância. Para usar uma linguagem mais fácil de ser assimilidada mandou essa. O filho gostou, e um sobrinho mais ainda. resultado: uma banda de pop-rock aqui de Salvador chamada Efetivus musicou a criação e a incluirá no segundo CD do grupo que está prestes a sair do forno.

Mano foi um dos bons colegas que consegui transformar em amigo. Grande ser humano, é mais um Cidadão de Bem indignado com tanta sacanagem desse Mundão criado por Deus e apodrecido pelos canalhas de plantão.

Valeu Mano!


Desagravos
Desaforo
Não vou ficar parado aqui
Vou discordar
Vou deixar minha mensagem no ar
Se quer pegar que pegue
Não vou vacilar
Vou fazer o meu papel
Minha missão é infame

Mas alguém tem que fazer
Alguém tem que te dizer
Assim não vai dá pé
Assim não dá

DISCORDAR não é criar DISCÓRDIA
Voce tem todo o direito de opinar
mas não tenho a obrigação de concordar

A vida é livre pra viver
Pra ter a felicidade tem que merecer
Tõ na fileira
Tô na ativa
Não conjugo verbo na primeira pessoa
Sou mais o nós que o eu
Tenho a seta do caminho
Voce sempre prefere o desvio
Vou ficar atento
Se quer se afundar se afunde
Mas não vou te ajudar
Vou discordar
Vou discordar

1 comentários:

Paulinha disse...

POesias inteligentes são as livres,mto bem colocado o pensamento do amigo Manosantto,é de pessoas assim e com essa visão que o mundo precisa para se fortalecer e melhorar!
PARABÈNS a aquipe do blog e um PARABÈNS especial ao Manosantto,pela qualidade de pensamento e por ser digno de merecer tais elogios!
Um abraço da amiga PAULINHA LIMA!!!!