quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Poesia




Em 1987 compus essa letra.Ela faz parte do Livro "Hecatombe, a dimensão espatifada!" Vejam se não tem a cara de um RAP.Confiram:


RAIO-X - PASSANDO À LIMPO
Paulo Gomes


EU NÃO TENHO ESTRUTURA
PRA AGÜENTAR ESSA LOUCURA
É UMA BOMBA QUE EXPLODE
LÁ DENTRO DO AVIÃO
É ARRÔXO NO SALÁRIO
GREVE GERAL E PATRÃO LADRÃO
O PODER APODRECENDO
E OS HOMENS SE MATANDO
HOMEM NADA ISSO É RATO!
O QUE É QUE ESTÁ ACONTECENDO? ...
É ESTUPRO E VIOLÊNCIA
ACABOU A EDUCAÇÃO
BURRO SE MULTIPLICANDO
O QUE SERÁ DESSA NAÇÃO?
UM GAROTO CHEIRA COLA
TRANSBORDANDO ILUSÃO
NÃO TEM CASA, NEM ESCOLA
TRISTE VIDA DE DERROTA
O QUE É O CIDADÃO ?...
É UM CARA MASSACRADO,
SEM DEFESA,É UM PEÃO
É O ADOLESCENTE APRENDIZ
APRENDIZ DE MARGINAL
QUE APRENDE A ATACAR
ANTES DE VIRAR À PRESA
O ATAQUE É A SUA DEFESA
ACREDITE COM CERTEZA
É O SEXO PLASTIFICADO,
VENDIDO E DIVULGADO
VIOLENTADO LÁ NO FUNDO
DE MODO ASSIM BEM DETURPADO
PRODUTO DE MENTIRA
TODO DIA É ESTUPRADO
E SE UM BANDIDO DE ARMA EM PUNHO
FOLGA
REVEZA COM ELE O BANDIDO DE TOGA
DEFENDO O DE COLARINHO
FALA ISSO ISSO BEM BAIXINHO
PARA NÃO SUJAR...
E A QUADRILHA DE POLITIQUEIROS
A BARBARIZAR

SÃO AS SEITAS E COSTUMES
E LAVAGENS CEREBRAIS
POBRE HOMEM INFELIZ
- O SEU CORPO É QUEM DIZ –
É O CAMPONÊS QUE VIRA NÔMADE
NÃO TEM TERRA, NÃO TEM PÃO
TEM É FOME E DESESPERO
ESTAMPADAS NO SEU ROSTO
INDEPENDENTE DO SEU GOSTO
GOELA ABAIXO, JEITO TOSCO
DE ENGOLIR A SECO E CALADO
E NO SEU PEITO ESFACELADO
UM GRITO EMBUTIDO DESDE CEDO
POSSUÍDO PELO MEDO
EU NÃO TENHO ESTRUTURA
PRA AGÜENTAR ESSA LOUCURA...

1 comentários:

manoel disse...

Clap, clap, clap...
Nada mais a acrescentar...
Mas, fla baixinho dos bandidos de toga, tá?